Rock’n Roll Racing [Super NES, Mega Drive]

rrr1


Hello Everybody!! Depois de um longo tempo sem inspiração pra escrever (eu não iria escrever uma coisa meia boca pra vocês, né meus queridos leitores? =D), resolvi deixar as coisas fluírem e comecei a observar o que me cercava… algo me incentivava a postar sobre um título de SNES mas não sabia qual, foi quando um garoto, que eu costumo comprar fitas, me chamou e me mostrou uma preciosidade que ele tinha conseguido: Rock’n Roll Racing!

Não pude comprar o cartucho, pois preferi aplicar meu suado dinheirinho em clássicos como Super Metroid, TMNT Tournament Fighters e Mario Kart. Então, pensei, bora matar a saudade no PC mesmo! Vamos ver se ainda continuo bom na arte de mirar e não errar ninguém Ú.u .


Como todos meus amigos sabem, eu curto demais o bom e velho rock e não poderia deixar de destacar uma das principais influências que me levou a ouvir o maravilhoso som pesado das guitarras alucinógenas do Deep Purple; um dos pontos mais interessantes neste game clássico.

Eu fui experimentar RRR logo depois de desbravar o querido Biker Mice From Mars, e isto acabou facilitando a minha vida nas pistas perigosas e destrutivas do jogo. Era uma tarde ensolarada de verão, quando um amigo meu (já falecido) veio me mostrar sua nova aquisição, que segundo suas palavras, era meio estranha, porém jogável. Foi assim meu primeiro contato com RRR - hahah história nada emocionante, né? eu sei ¬¬

rrr2

Normalmente, em minhas matérias, gosto de descrever as situações inusitadas que ocorreram no momento em que conheci um jogo, mas essa foi assim, sem sal mesmo =P, então não reclame!

Rock’n Roll Racing foi primeiramente lançado para o Super Nintendo (1993) e em seguida para o Megadrive (1994) pela Silicon & Synapse (atual Blizzard), sendo que a versão do Super NES apresenta-se mais completa e melhor (segundo alguns fãs do game). Não me importo com esse lances não, CONTUDO, confesso que por alguma razão, prefiro a versão do console da BigN.



A competição é narrada por Larry Huffman, o que dá um ânimo maior às acirradas corridas. Quem não se lembra de Larry gritando “Let the carnage begins!”? Clássico. Entrando no Site do Larry você pode ouvir um comercial engraçadíssimo, no qual ele está marcando um encontro com uma garota ao melhor estilo RRR, Hahah muito bom!

Além da narração muito bem feita e variada para a época, o cartucho possui um dos melhores repertórios de música de toda a biblioteca 16 bits! Curto bastante sua trilha sonora. Sendo que, a reprodução de Highway Star do Deep Purple foi a que mais me chamou a atenção pelo seu maravilhoso solo de teclado… ai ai.

Eis as canções que rolam:
George Thorogood – Bad to the Bone;
Black Sabbath – Paranoid;
Henry Mancini – Peter Gun;
Deep Purples – Highway Star;
SteppenWolf – Born to be Wild;
Golden Earring – Radar Love (música que só tem no do Mega Drive).


rrr3


A história acontece no futuro, quando é descoberta a existência de vida num planeta chamado Bogmire em 2833. Os Saurions, habitantes deste planeta, ao conhecer os costumes da Terra, se apaixonaram pelo rock and roll, adotando o estilo musical como tema principal em suas competições automobilísticas. A mistura velocidade e rock deu certo de tal maneira que atraiu adeptos de toda a galáxia; aliens e humanos de 17 mundos então resolvem criar um campeonato universal, uma corrida futurística sem ética, onde até armas de fogo são permitidas.

Os Heróis:
1646298-snakesanders_large
Snake Sanders:
 
Ele é um nativo da Terra que deseja ganhar a Super Copa para honrar seu planeta. Defende que os inventores dos veículos não podem perder a hegemonia neste ramo. Ele é veloz na arrancada e corre com tudo!   +1 Aceleração e +1 Velocidade.




1646306-cyberhawk_large CyberHawk:

É um cyborgue que havia sido esquecido em um laboratório. Ele mal imaginaria (afinal é um robô) que um dia se tornaria um competidor. CyberHawk, é então aperfeiçoado, tornando-se um protótipo muito avançado e obstinado. Um vencedor nato; 2° lugar é o mesmo que o último segundo ele. O personagem possui arrancada potente e ótimo pulo.  -  +1 Aceleração e +1 Pulo


c1b62f15e7fe188d513f58ab13efba4ce68bc3f5_full Ivanzypher:

Novato no Rock’n Roll Racing ele quer mostrar que sua raça e seu planeta podem ser dignos de vencer a Super Copa. Ele é considerado um herói no planeta Fleagull, afinal, nenhum de seus conterrâneos teve tanta coragem em participar deste campeonato. Ele pula bem alto e não tem medo de pisar fundo no acelerador!  -  +1 Pulo e +1 Velocidade

1646309-katarinalyons_large Katarina Lyons:

Princesa do Lyons que não aceita machismo e entrou para a Super Copa por estar cansada de ver os homens vencerem a corrida. Em seu planeta ela é uma excelente atleta que não aceita a derrota! Não escorrega facilmente nas curvas e seu carro pula como se não pesasse nada.  -  +1 Corner e +1 Pulo
  
1646311-jakebadlands_large Jake Badlands:

Seu visual é de bad boy mas seu coração é imenso. Jake, ex-líder de uma gangue de rua de Xeno Prime, cresceu assistindo Rock’n Roll Racing, fato que o impulsionou a seguir a carreira de piloto. Arrependido de seu passado, costuma doar suas premiações à instituições de caridade.  Decidido e certeiro esse é Jake!  -  +1 Corner e +1 Aceleração
1646312-tarquinn_large Tarquinn:

Este sim é o herói de todos! Capitão de uma nave espacial, ocupa o maior posto que alguém de sua terra almejaria. Sempre está presente em comícios e que provar no Rock’n Roll Racing que é o melhor e único digno a ganhar a Super Copa. Ele é veloz com suas naves e faz curvas com maestria. +1 Corner e +1 Velocidade

E, finalmente, mais um personagem secreto que eu nem sabia.

olaf Olaf:

Olaf veio de The Lost Vikings, outro título da Blizzard. O porquê dele estar incluso aqui é um mistério. Além de acelerar bem, é muito rápido e dificilmente desliza na pista, sendo considerado o melhor piloto.  +1 Velocidade, +1 Aceleração e +1 Corner

Esses são os protagonistas da história, figuras bem pitorescas, desde um cyborg ultra avançado a um E.T. gordo que mais parece o Geléia do Ghost Busters, HEhhehhHHe.

A jogabilidade é fácil de se acostumar. Se você nunca experimentou nenhum game do gênero, a dica é treinar no modo rookie até se acostumar com os comandos, com o tempo você pegará a manha.

Junte dinheiro para fazer upgrades em seu veículo, a fim de deixá-lo cada vez mais mortífero. Mas vale uma dica, se tiver oportunidade, prefira comprar um carro novo à acessórios, pois os equipamentos não podem ser reaproveitados na nova aquisição.
O dinheiro no jogo pode ser adquirido através das vitórias das corridas, caixas de bônus que ficam espalhadas pela pista e destruindo adversários.
O modo Multiplayer é divertidíssimo! Se você tiver um amigo para te acompanhar, a partida ficará ainda mais interessante, a rivalidade tomará conta de vocês… até chegar a aniquilação total dos dois O_O

Tá aí um review que eu gostei de fazer, foi prazeroso e divertido saber as histórias de cada corredor. Coisas que nunca imaginei existir Hehehe só lendo o manual pra saber mesmo...

See ya!
Yahaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Share on Google Plus

About Leonardo Soler

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 comentários:

  1. RRR é um game que nunca envelhecerá, assim como os clássicos do rock não envelhecem. O jogo é bem bacana e ainda o jogador precisa monitorar a grana que leva nas pistas para comprar o veículo certo para rodar nos planetas. O foda é que o jogador só sai do planeta quando consegue um dado número de pontos que vai de 1º=400, 2º=200, 3º=100 e 4º=zero. Então a melhor coisa é terminar ou em 1º ou em 2º. O último planeta é o Inferno. O engraçado é que RRR é um underrated famoso, é difícil achar alguém que tenha/teve um snes e nunca ouviu falar em RRR. E vamos detonar Soler, falta pouco para o final!

    ResponderExcluir
  2. @marvox Hehehhe podes crer mano... esse jogo é muito bom! Bora passar esse mundo do gelo logo!! Hhehehe

    ResponderExcluir
  3. a trilha sonora desse jogo é fantastica!

    ResponderExcluir
  4. @Leonardo Costa e ae xará! Sim foi um dos motivos de eu ter me interessado pelo game ^^

    ResponderExcluir